Congresso Internacional de Cultura Visual

A Comunidade de Cultura Visual tem como objetivo fazer perguntas sobre a informação, os significados e os graus de afetividade entre o emissor e espectador das imagens visuais. A comunidade interage através de um congresso presencial que se celebra anualmente em diferentes lugares do mundo, assim como uma família de revistas indexadas e arbitradas, e uma coleção de livros de reflexão acadêmica.

Os membros desta comunidade do conhecimento incluem a investigadores, teóricos, profissionais e professores provenientes de diferentes campos, tais como: a arquitetura, a arte, a ciência cognitiva, a educação, as telecomunicações, a informática, os estudos culturais, o desenho, a educação, os estudos de cinema, a história, a linguística, a gestão, o marketing, os meios de comunicação, a museografia, a filosofia, a semiótica, a psicologia, os estudos religiosos, entre outros.

O Congresso Internacional de Cultura Visual se converteu em um foro para o diálogo sobre a relevância da imagem, especialmente nas sociedades contemporâneas, e a relação desta com o espectador. O congresso inclui oradores destacados, alguns dos pensadores mais prestigiados do mundo, assim como comunicações, talheres e seminários ministrados por professores, investigadores y profissionais tanto do setor público como do privado. Os idiomas oficiais são o espanhol, o português e o inglês. 

Mais informação

Comitê científico
Temáticas
Próximas datas
Edições anteriores

Comitê científico

Diretor científico permanente

Dr. Rafael Cabrera Collazo
Universidad Interamericana de Puerto Rico (Porto Rico)

Rafael L. Cabrera Collazo conta com um doutorado em História da Universidade de Porto Rico.  Se desempenha como Vice-reitor Associado de Assuntos Acadêmicos na Universidade Interamericana de Porto Rico e mantém a classificação de Professor Titular de História nesta mesma instituição.

Profesor convidado nas universidades de Cuba, México, Itália, Portugal, Espanha e Colômbia, nas quais ofereceu seminários sobre semiótica e cultura visual, sendo suas áreas de especialidade e pesquisa.  Neste momento, participa em várias redes acadêmicas de pesquisa relacionadas com os estudos sobre representações de meios de comunicação de massas.

Membro de comitês científicos editoriais de universidades na Espanha, Colômbia, Argentina e República Dominicana.  Integra associações profissionais nacionais e internacionais de historiadores e estudiosos das ciências sociais e a cultura visual, sendo duas delas a Associação Portoriquenha de Historiadores, da qual foi sócio fundador e Presidente entre 2001 e 2004, e a Sociedade Internacional de Cultura Visual, com sede em Madrid, trabalhando neste momento como o Diretor Científico de seu comitê executivo.

Quanto a publicaçõess, tem três livros como coautor e um em solitário que leva por título Los dibujos del progreso: el mundo caricaturesco de Filardi y la crítica al desarrollismo muñocista, 1950-1960.  Conta com outras colaborações sobre a história cultural do cinema, e a sociabilidade e a manipulação de meios de comunicação de massas, publicadas em revistas e artígos de livros especializados e arbitrados no México e Espanha.

Membros do comitê

  • Olga Kolotouchkina, Universidad CEU San Pablo, Espanha.
  • Ismael López Medel, Azusa Pacific University, EUA.
  • José Carlos del Ama, Central State Connecticut University, EUA.
  • Manuel Pinto Teixeira, Universidade Lusófona de Lisboa, Portugal.
  • Wilma Arellano Toledo, INFOTEC-CONACYT, México.
  • Sergio Ferreira do Amaral, Universidad de Campinas (UNICAMP), Brasil.
  • David Caldevilla Domínguez, Universidad Complutense de Madrid, Espanha.
  • Marcos A. Vélez Rivera, Universidad del Este, Puerto Rico, EUA.
  • Ana Beriain Bañares, Universitat Abat Oliba CEU, Espanha.
  • Hipólito Vivar Zurita, Universidad Complutense de Madrid, Espanha.
  • Ignacio Blanco Alfonso, Universidad San Pablo CEU, Espanha.
  • Juan Luis Manfredi Sánchez, Universidad de Castilla La Mancha, Espanha.

Temáticas

Imagem e sociedade

  • Meios de comunicação de massas. Industria cultural.
  • A sociedade do espetáculo.
  • O fenômeno da ‘segunda tela’. Espectadores multitarefa.
  • Influência mediática e esfera política.
  • Sociología visual. Dimensões visuais da vida social.
  • Dimensões culturales da imagem: raça, origem étnica, gênero, idade, sexualidade, corpos.
  • A retórica da imagem.
  • Propaganda: formas, mecanismos psicológicos e agendas políticas.
  • Imágens globais e locais.
  • Galerías. Museus. Sitios arqueológicos.
  • Patrimônio cultural.
  • Desenho. Cosméticos.
  • Imagem corporal. Cirurgia estética. Transtornos da alimentação.
  • O impacto das redes sociais na imagem corporal masculina/feminina.

Cultura visual

  • O significado das imágens.
  • Formas visuais vs funções visuais.
  • Imágens estáticas: fotografia, pintura, desenho, revistas de quadrinhos, esculturas.
  • Imágens dinâmicas: cinema, TV, vídeos, documentários, animações.
  • Retórica visual: gráficos, pinturas, diagramas, páginas web, publicidade, documentários, jornais, revistas, fotografias, noticiários.
  • Imágens explícitas. Mensagens ocultas. Formas de ver.
  • Aprendizagem visual. Alfabetização visual. Interpretar, negociar e extrair significados das imágens.
  • Belas artes: desenho, pintura, escultura, fotografia, vídeo, cinema, cerâmica.
  • Artes aplicadas: desenho industrial, desenho gráfico, desenho de moda, desenho de interiores, arte decorativo, arquitetura.
  • Comunicação visual. Semiótica.
  • Narrativa visual (storytelling): canais, arquetipos, emoções, compromisso.
  • Narrativas transmediais (transmedia storytelling).
  • Tecnologías de visualização.
  • Sistemas de Informação Geográfica (SIG). Mapas conceituais.
  • Digitalização e visualização de objetos culturais. 2D e 3D.

História e filosofía do visual

  • História da arte.
  • Filosofía da arte. Estética.
  • O visible e o invisivel.
  • Imágens e cultura material.
  • Tecnologías da imagem.
  • Analisando imágens.
  • Documentos iconográficos. Arquivos de imágens.
  • Imágens e redes sociais. Imágens na nuvem.
  • Privacidad e vigilância.
  • Direitos de propiedade intelectual. Creative Commons. Reutilização.
  • Autoría. Coautoría. O conceito de função-autor. Morte do autor?
  • Elementos da imagem: perspectivas, côres, linhas, visão.
  • Ética visual I: imágens religiosas, imágens filosóficas e metáforas, jornalismo fotográfico e cinematográfico, documentários.
  • Ética visual II: ética do produtor visual, ética do receptor visual. Códigos éticos e autorregulação.
  • Novas ecologías visuais. Novas filosofías.

A indústria da imagem

  • Políticas culturais.
  • Indústria cinematográfica. Festivais de cinema.
  • Exibições pictóricas e escultóricas.
  • Casas de leilões. Agentes e agências.
  • Comércio local e internacional.
  • Plataformas de distribuições digital. Streaming.
  • Autoedições e autopromoção. Youtubers.
  • Dipositivos digitais: smartphones, tablets, realidade aumentada.
  • Meios de comunicação e educação. Edumedia.
  • Novos modelos de negócio e novos processos.
  • O direito de autor e a propiedade intelectual.
  • Ferramentas de desenho gráfico.
  • Conteúdos multimídia interativos.