Congresso Internacional de Ciências Sociais

Comunidade de Ciências Sociais tem como objetivo examinar o significado da “ciência” em um contexto social, e as conexões entre o social e as demais ciências particulares. A comunidade interage através de um congresso presencial que se celebra anualmente em diferentes lugares do mundo, assim como uma família de revistas indexadas e arbitradas, e uma coleção de livros de reflexão acadêmica.

Os membros desta comunidade de conhecimento incluem a acadêmicos, investigadores, professores, responsáveis políticos, administradores públicos, consultores, tecnólogos assim como estudantes e doutorandos.

O Congresso Internacional de Ciências Sociais se converteu em um foro de discussão orientado aos desafios cruciais aos que se enfrentam as ciências sociais no panorama atual, unindo as perspectivas locais e globais. O congresso inclui oradores destacados, alguns dos pensadores mais prestigiados do mundo, assim como, comunicações, talheres e seminários ministrados por professores, investigadores e profissionais tanto do setor público como do privado. Os idiomas oficiais são o espanhol, o português e o inglês. 

Mais informação

Comitê científico
Temáticas
Próximas datas
Edições anteriores

Comitê científico

Director científico permanente

Dr. Karim Gherab Martín
Universidad Rey Juan Carlos (Espanha)

Dr. Karim Gherab Martín é professor na Faculdade de Humanidades da Universidade Rei Juan Carlos. Licenciado em Física Teórica e doutor em Filosofía da Ciência e Tecnología. Foi professor convidado nas universidades de prestigio, tais como a Universidade de Harvard (2008-2009), a Universidade de Illinois em Urbana-Champaign (2010) e a Universidade Paris-Diderot em París (2013). Foi professor associado na Universidade Autônoma de Madrid e na Universidade do País Vasco, pesquisador no CSIC (2011-2013), e realizou trabalhos de consultoria para Indra, Telefónica, Atos-Origin e Accenture. Em 2005 recebeu o Prêmio de Ensaio da Fundação Everis pela obra El templo del saber: Hacia la Biblioteca digital universal (2006, Ed. Deusto).

Membros do comitê científico

  • Aleska Cordero, Universidad Nacional Abierta, Caracas, Venezuela.
  • Lucía Sutil, Universidad Rey Juan Carlos, Madrid, Espanha.
  • Norma Rodríguez Roldán, Universidad de Puerto Rico, Porto Rico.
  • Carlos Manuel Vázquez Álvarez, Instituto Tecnológico de Monterrey, México.

Temáticas

Estudos culturais

  • A função das interações sociais, políticas e culturais no desenvolvimento da identidade.
  • A identidade pessoal em função da cultura, tempo, lugar, geografía de um indivíduo, assim como sua interação com grupos, a influência das instituições e as experiências vividas.
  • A função da diversidade dentro das culturas e entre as culturas.
  • Aspectos da cultura tais como sistemas de crenças, fé religiosa, ou ideais políticos como influências sobre outras partes da cultura tais como suas instituições, ou a literatura, a música, e a arte.
  • Difusão cultural e mudanças no tempo como facilitadores de ideias e crenças diferentes.

História, geografía, humanos e entorno

  • A história como estudo formal que aplica métodos de pesquisa científica.
  • Lendo, reconstruindo e interpretando eventos.
  • Analisando causas e consequencias de eventos e seus desenvolvimentos.
  • Considerando interpretações de eventos em concorrentes.
  • Relações entre populações humanas e o mundo físico (gente, lugares e entornos).
  • O impacto das atividades humanas sobre o entorno.
  • Interações entre regiões, cidades, lugares, gente e entornos.
  • Padrões espaciais de regiões, cidades e lugares.

Desenvolvimento e transformação de estruturas sociais

  • O natural e o social: estudos interdisciplinares
  • A função das classes sociais, sistemas de estratificação, grupos sociais e instituições.
  • A função do gênero, a raça, a etnicidade, a classe, a idade e a religião na definição de estruturas sociais dentro de uma cultura.
  • Desigualdades sociais e políticas.
  • Expansão e acesso de direitos através dos conceitos de justiça e direitos humanos.
  • A influência da educação.
  • A função dos meios de comunicação.

Ideais e práticas civis

  • Liberdades e direitos e responsabilidades fundamentais dos cidadãos em democracia.
  • A função dos cidadãos nas comunidades e nações, e como membros da comunidade global.
  • Participação e compromisso social
  • Respeito à diversidade.
  • Ideais cívicos e práticas em países com sistemas não democráticos.
  • Luta pelos direitos, acesso aos direitos cidadãos, e direitos humanos universais.

Poder, autoridade e governança

  • Poder, autoridade e governança.
  • Objetivos, características e funcões de diversos sistemas de governança tal e como são postos em prática.
  • Direitos e responsabilidades individuais segundo as proteções ou os desafios no contexto das regras da maioria.
  • Principios e valores fundamentais nas democracias constitucionais.
  • Orígens, usos e abusos do poder.
  • Conflitos, diplomacia e guerras.
  • Os meios de comunicação de massas e a Internet.

Conexões e intercâmbios globais

  • Passado, presente e provável futuro das conexões e as interações globais.
  • Difusão global: a difusão de ideias, crenças, tecnologias e bens.
  • A função da tecnologa.
  • Benefícios/consequencias da interdependência global (social, política, econômica).
  • Causas e padrões de migração.
  • Tensão entre os interesses nacionais e as prioridades globais.

Criação, expansão, e interação dos sistemas econômicos

  • Produção, distribuição e consumo.
  • Escassez de recursos e os desafíos na relação aos desejos e as necessidades.
  • Oferta/demanda e a coordenação eleições individuais.
  • Sistemas econômicos. Políticas econômicas.
  • Comércio, interdependência e globalização.
  • A função do governo na economia.
  • A economia pessoal.

Ciência, tecnologia e inovação

  • Teorias científicas e intelectuais, descobrimentos e filosofias.
  • As aplicações da ciência e as inovações em transporte, comunicações, tecnologia militar, navegação, agricultura e industralização.
  • Relações entre ciência, tecnologia e inovação, e as mudanças sociais, culturais e econômicas.
  • Construção social da ciência e a tecnologia.