Congresso Internacional de Humanidades

A Comunidade de Humanidades tem como objetivo redefinir nosso entendimento do humano e mostrar diversas práticas disciplinares dentro das humanidades. As humanidades são um âmbito de aprendizagem, reflexão e ação, e um lugar de diálogo entre variadas epistemologias, perspectivas e áreas do conhecimento. A comunidade interage através de um congresso presencial que se celebra anualmente em diferentes lugares do mundo, assim como uma família de revistas indexadas e arbitradas, e uma coleção de livros de reflexão acadêmica.

Os membros desta comunidade do conhecimento incluem a acadêmicos, investigadores, humanistas, consultores culturais e estudantes de doutorado.

O Congresso Internacional de Humanidades se converteu em um foro para o diálogo e a construção de novos conhecimentos desenvolvidos sobre tradições passadas no seio das humanidades, o tempo em que estabelece um programa renovado para o futuro. É nestes turbulentos cruzamentos do saber humano onde as humanidades poderiam ser capazes de aliviar os modernos sistemas do conhecimento do seu estreitamento da visão. O congresso inclui oradores destacados, alguns dos pensadores mais prestigiados do mundo, assim como comunicações, talheres e seminários ministrados por professores, investigadores e profissionais tanto do setor público como do privado. Os idiomas oficiais são o espanhol, o português e o inglês. 

Mais informação

Comitê científico
Temáticas
Próximas datas
Edições anteriores

Comitê científico

Diretor científico permanente

Dr. Karim Gherab Martín Universidad Rey Juan Carlos (Espanha)

Dr. Karim Gherab Martín é professor na Faculdade de Humanidades da Universidade Rei Juan Carlos. Licenciado em Física Teórica e doutor em Filosofía da Ciência e Tecnología. Foi professor convidado nas universidades de prestigio, tais como a Universidade de Harvard (2008-2009), a Universidade de Illinois em Urbana-Champaign (2010) e a Universidade Paris-Diderot em París (2013). Foi professor associado na Universidade Autônoma de Madrid e na Universidade do País Vasco, pesquisador no CSIC (2011-2013), e realizou trabalhos de consultoria para Indra, Telefónica, Atos-Origin e Accenture. Em 2005 recebeu o Prêmio de Ensaio da Fundação Everis pela obra El templo del saber: Hacia la Biblioteca digital universal (2006, Ed. Deusto).

Membros do comitê

  • Luis Ferla, Universidade Federal de São Paulo, Brasil.
  • Delia Manzanero, Universidad Rey Juan Carlos, Espanha.
  • Paulo Teodoro de Matos, Universidade Nova de Lisboa- Universidade dos Açores, Portugal.
  • Ana Paula T. Megiani, Universidade de São Paulo, Brasil.
  • José Francisco Serrano Oceja, Universidad CEU San Pablo, Espanha.
  • Concha Roldán, Consejo Superior de Investigaciones Científicas (CSIC), Espanha.

Temáticas

Literatura

  • Teoría literária.
  • Crítica literária.
  • Autores e livros de referência. Comparação entre romances.
  • Gêneros literários. Comparação entre gêneros.
  • Comparação entre personagens.
  • Literatura global.
  • Simbolismos em literatura.
  • Literatura e diversidade cultural.
  • Tradição oral.
  • Contexto histórico.
  • Política, religião e valores na literatura.

Pensamento e história

  • História. História da arte.
  • Antropologia. Etnologia.
  • Paleontologia.
  • História, natureza e evolução da linguagem.
  • Filosofía da linguagem. Filosofia da mente.
  • Lingüística. Semiótica.
  • Museologia.
  • Musicologia.

Humanidades e educação

  • Ensino e aprendizagem das humanidades.
  • Aquisição da linguagem.
  • Psicologia da educação.
  • Aprendizagem de idiomas.

Humanidades, bibliotecas e publicações digitales

  • O livro. Passado, presente e futuro. E-books. E-readers. Smartphones.
  • Edição. Da textualidade à multimodalidade.
  • Direitos de propiedade intelectual. Copyright.
  • Acesso aberto, licenças abertas, cultura livre e software libre. Creative Commons.
  • Bibliotecas, arquivos e métricas. Bibliometría. Webometría.
  • A nova função dos bibliotecários, editores, livreiros, autores e leitores.
  • Novos modelos e processos editoriais. A autopublicação. A impressão sob demanda.

Humanidades sociais

  • Ciências políticas.
  • O humano e o social: estudos interdisciplinares.
  • Lingüística e diversidade cultural.
  • Interações humanas e medios de comunicações.
  • Novos meios e conduta humana.
  • A função da raça, a etnia, a educação, a classe social, a idade e a religião na definição das estruturas sociais dentro de uma cultura.
  • A expansão e o acesso dos direitos através dos conceitos de justiça e direitos humanos.
  • Migração. Relações internacionais. Globalização.
  • Patrimonio cultural.

Humanidades, ciência e tecnologia

  • O homem e seu entorno. O impato das atividades humanas no entorno. Ecologia profunda.
  • Humanidades digitais. Bibliotecas digitales. Hipertextos.
  • História e filosofia da ciência.
  • História e filosofia da tecnologia.
  • Ciência, tecnologia e valores.
  • Ciência, tecnología e cultura.
  • Posthumanismo.
  • Mentes e máquinas. Filosofia da mente.
  • Neurofilosofia.
  • Inteligência artificial.
  • O homem e os meios de comunicação.
  • Ciência ficção.