Authors:

Janaina Pereira Claudio, Pontíficia Universidade Católica Do Rio Grande do Sul – PUCRS, Brazil.

Abstract:

O presente trabalho conta a experiência pelo grupo GEIL (Grupo de Estudo e Inovação em Língua Brasileira de Sinais) tem por objetivo maior observar e identificar como ocorre a aquisição comunicativa linguística de termos científicos em Língua Brasileira de Sinais dos sujeitos surdos e ouvintes no Rio Grande do Sul e do Brasil. Para tanto, será realizado um glossário acadêmico (bilíngue – Língua Brasileira de Sinais e Português – e digital), contendo termos científicos, para posteriormente ser divulgado para a comunidade em geral. O grupo incialmente investigou uma busca intensa, a fim de mapear sinais já existentes no campo científico. Para a pesquisa dos sinais já existentes, se aplicou em um site para a difusão da língua de sinais. Ao verificar estes sinais, o grupo focou na criação de sinais faltantes para determinados termos científicos. Os novos sinais, bem como os já existentes, no campo científico, foram registrados em vídeos, para a criação do glossário bilíngue em uma plataforma digital, onde será disponibilizado para o público em geral. Ressalta-se que no glossário consta o vídeo do sinal, bem como a palavra escrita em Português. O sistema de busca no glossário digital poderá ser feito de três formas: ordem alfabética, configuração de mãos e tópicos temáticos por área cientifica. O projeto visa a difusão destes novos termos científicos na Língua Brasileira de Sinais, o que possibilitará ao grupo identificar como o processo aquisitivo destes novos sinais ocorre. Além disto, o glossário também auxiliará na inclusão da Comunidade Surda no Ensino Superior. Aponta-se para a inovação do projeto, tendo em vista a inexistência de glossários especificamente científicos, tanto no meio acadêmico, como na comunidade em geral.

Share This Story, Choose Your Platform!

Back to presentations